• Equipe
    Especializada

    Contamos com uma equipe de veterinários a disposição do clínico para dúvidas e trocas de experiências. Oferecemos palestras para educação continuada de nossos clientes

    equipe especializada
  • Exames de Cultura e Antibiograma
    liberados em 48h

    Dependendo do crescimento bacteriano

    antibiograma animal
  • Endocrinologia

    Exames hormonais realizados

    DIARIAMENTE
    .

    endocrionologia animal
  • Imunologia

    • Cinomose       • PIF
    • Leptospirose • Ehrlichiose (TITULAÇÃO)
      entre outros

    LIBERADOS NO MESMO DIA

    imunologia
  • Rapidez na
    entrega de exames

    Resultados rápidos e precisos por e-mail
    ou no site.

    sentrega de exames
Exames laboratoriais veterinarios
Manual de exames

Somatomedina C – IGF 1

Material: 0,3 mL de soro (Amostra alternativa: Plasma heparinizado). Estabilidade: 12 meses congelado. 

Condições de coleta: O ensaio é significativamente afetado por hemólise e lipemia, produzindo uma diminuição significativa nas concentrações de IGF-1, mas não por bilirrubinemia.

As concentrações séricas de IGF-1 não mostraram alterações diurnas significativas em cães alimentados ou em jejum e não foram afetadas pela administração de glicocorticóides. (Can J Vet Res. 2011 Oct; 75(4): 312–316. Serum insulin-like growth factor-1 measurements in dogs: Performance characteristics of an automated assay and study of some sources of variation)

Comentários: IGF-1 é uma proteína produzida em resposta ao hormônio do crescimento. Aumento desta proteína está presente na maioria dos cães com acromegalia. Administração de insulina pode elevar as concentrações de IGF-1.Concentrações séricas de IGF-1, em cães em crescimento, variam de acordo com a raça. Cães grandes têm concentrações normais maiores que animais pequenos. 

A acromegalia é o resultado da hipersecreção crônica do hormônio do crescimento (GH), que pode ocorrer em cães, gatos e humanos. Em gatos a causa mais comum de acromegalia é por tumor na Pituitária, que ocorre preferencialmente em machos com mais de 5 anos. Os sinais clínicos mais comuns são poliúria, polidpisia e polifagia, resultados do Diabetes provocado pela resistência a insulina. Nos cães o excesso de progesterona pode dar origem a uma hipersecreção de GH da glândula mamária, resultando em acromegalia e intolerância a glicose.

O diagnóstico pode ser feito pelas dosagens de GH e IGF-1.

Método: Quimioluminescência

Exames Relacionados: GH, Glicose, Frutosamina, Progesterona, T4 T e TSH.

Prazo: 4 dias.

Código: 565