• Equipe
    Especializada

    Contamos com uma equipe de veterinários a disposição do clínico para dúvidas e trocas de experiências. Oferecemos palestras para educação continuada de nossos clientes

    equipe especializada
  • Exames de Cultura e Antibiograma
    liberados em 48h

    Dependendo do crescimento bacteriano

    antibiograma animal
  • Endocrinologia

    Exames hormonais realizados

    DIARIAMENTE
    .

    endocrionologia animal
  • Imunologia

    • Cinomose       • PIF
    • Leptospirose • Ehrlichiose (TITULAÇÃO)
      entre outros

    LIBERADOS NO MESMO DIA

    imunologia
  • Rapidez na
    entrega de exames

    Resultados rápidos e precisos por e-mail
    ou no site.

    sentrega de exames
Exames laboratoriais veterinarios
Manual de exames

Perfil Dermatológico

Material: Raspado de pele, lâmina e pelos.

Condições de coleta:

1 Preferencialmente não estar em uso de medicamentos tópicos por no mínimo duas semanas;

2 Animais de pêlos longos realizar tricotomia parcial, deixando os pelos com no máximo 0,5 a 1,0cm de comprimento;

3 Limpar a lesão com soro fisiológico;

4 Coletar material em swab, umedecido em soro fisiológico, na lesão e colocar na embalagem original (swab sem meio);

5 Retirar os pêlos com uma pinça da periferia da lesão, e colocar em um tubo de ensaio seco (tampa vermelha);

6 Colocar óleo mineral ou glicerina sobre a lesão. Com uma lâmina de bisturi, realizar o raspado que deve ser profundo, e das bordas das lesões quando estas forem descamativas. Quando a suspeita é de sarna demodécica deve-se comprimir fortemente a pele com os dedos (“beliscar”) porque esta sarna se localiza profundamente na pele. Raspar nos diversos locais do corpo em que tiverem lesões. Enviar em frascos ou lâminas bem vedados;

7 A amostra enviada deve ser representativa da lesão, pois pouco material dificulta o exame e pode acarretar em resultado falso negativo;

8 Enviar ao VetLab em até 2 dias.

Exames realizados: GRAM, Pesquisa de ectoparasito, Tricograma

Prazo: Mesmo dia.´


Interpretação do Tricograma no perfil dermatológico:


Extremidade dos pelos fraturada – prurido (alopecia traumática)

Extremidade dos pelos fraturada em “galho verde” – Tricoptilose

Extremidade dos pelos com torção em 360 - “Pili torti”

Haste dos pelos com agregados de melanossomos – Displasia dos folículos pilosos

Haste dos pelos com anéis foliculares – Inflamação do folículo piloso

Bulbo em “ponto de interrogação” – Alopecia areata

Bulbo exclusivamente telógenos – Eflúvio telógeno, alopecia X


Interpretação do GRAM no perfil dermatológico:


A presença de eosinófilos indica uma inflamação secundaria a parasitas, a reações de hipersensibilidade (hipersensibilidade alimentar, dermatite atópica), a pênfigo foliáceo, a uma reação de corpo estranho, a um granuloma eosinofílico, a um mastocitoma, e a outras doenças eosinofílicas estéreis 

A observação de bactérias extracelulares juntamente com os eosinófilos, provavelmente representa colonização, e não infecção, sendo que o problema primário deverá ser causado por ectoparasitas ou por reações de hipersensibilidade. Quando se verificam grandes números de eosinófilos em combinação com neutrófilos degenerados e bactérias intracelulares, é provável que esteja presente uma furunculose (queratina livre e hastes pilosas agem como corpos estranhos endógenos. 

Deve ser enfatizado que os eosinófilos podem ser menos numerosos do que o esperado, ou mesmo ausentes em exsudados inflamatórios de animais a receberem corticosteroides. 

A observação de neutrófilos com alterações degenerativas ou tóxicas sugere a existência de uma infecção, a presença de neutrófilos degenerados com bactérias intracelulares é geralmente sinal de pioderma, e os neutrófilos bem preservados estão normalmente associados a um problema inflamatório estéril, tal como o pênfigo foliáceo, a inflamação alérgica primaria, a reação a irritantes, entre outras. 

No caso de não se observarem organismos infecciosos em amostras de infecções profundas, mas existirem neutrófilos degenerados e linfócitos ou macrófagos com vacúolos, pode ser necessário realizar uma cultura de tecidos.