• Equipe
    Especializada

    Contamos com uma equipe de veterinários a disposição do clínico para dúvidas e trocas de experiências. Oferecemos palestras para educação continuada de nossos clientes

    equipe especializada
  • Exames de Cultura e Antibiograma
    liberados em 48h

    Dependendo do crescimento bacteriano

    antibiograma animal
  • Endocrinologia

    Exames hormonais realizados

    DIARIAMENTE
    .

    endocrionologia animal
  • Imunologia

    • Cinomose       • PIF
    • Leptospirose • Ehrlichiose (TITULAÇÃO)
      entre outros

    LIBERADOS NO MESMO DIA

    imunologia
  • Rapidez na
    entrega de exames

    Resultados rápidos e precisos por e-mail
    ou no site.

    sentrega de exames
Exames laboratoriais veterinarios
Manual de exames

Anticorpo Anti-Nuclear- ANA / Fator Anti Nuclear- FAN

Material: 1,0 ml de soro. Estabilidade: TA – 24 horas, R – 3 dias, C – 3  meses.

 

Indicação: Os anticorpos antinucleares (ANA) são auto anticorpos contra componentes nucleares, incluindo DNA, RNA e histonas. Estes anticorpos podem ser detectados com um teste de ANA. Nesta técnica, uma imunoglobulina fluorescente marcada é usada para a detecção de imunoglobulina no soro do paciente contra componentes nucleares. Atualmente usamos células epiteliais humanas (Hep-2)., como fonte de componentes nucleares. Amostra do animal, em diluições sequenciais (para obter um título de ANA) é incubado com células epiteliais humanas. Se existirem anticorpos contra componentes nucleares, estes irão ligar-se ao núcleo no fígado. Os anticorpos ligados podem então ser detectados utilizando um anticorpo secundário marcado com fluorescência contra a imunoglobulina específica da espécie. Os diferentes padrões de imunofluorescência podem ser vistos como homogêneo, pontilhado e nucleolar. No entanto, no cão, estes padrões não são específicos para um determinado anticorpo ou doença. O teste requer o uso de anticorpo espécie-específico fluorescente, que só temos para canino, felino e equino.

O teste de ANA é utilizada especificamente para o diagnóstico de lúpus eritematoso sistémico (LES). Um título de ANA positivo (> 1:80) com os sinais clínicos associados (por exemplo: doença de pele ou poliartrite) e achados laboratoriais (por exemplo; proteinúria, trombocitopenia) é diagnóstico de LES. Testes ANA são utilizados para apoiar um diagnóstico de LES, mas deve-se compreender que resultados positivos podem ser vistos numa variedade de outra condições, incluindo doenças infecciosas e doenças inflamatórias não-imune mediada. Algumas veterinários usam o título ANA para apoiar o diagnóstico de outras doenças imunomediadas. Por exemplo, os cães com anemias imunomediadas não regenerativas, muitas vezes têm altos títulos ANA (geralmente <1:160), apesar de não ter LES.

Diretrizes de interpretação para teste de anticorpos antinucleares canino:

O teste de ANA é sensível, mas não específico para LES.

Interpretação

Um resultado negativo sugere fortemente um diagnóstico negativo para LES, mas não exclui a possibilidade.

Titulação baixa < ou igual a 1:40 frequentemente não são específicos para o LES

Titulação alta > ou igual a 1:80, se acompanhado dos respectivos achados clínicos e laboratoriais, é indicativo de LES. Altos títulos ANA por si só não são diagnósticos para LES. Os títulos elevados podem ser vistos em alguns animais com doenças infecciosas ou inflamatórias (por exemplo: erliquiose e leishmaniose) e em alguns cães normais.

Limitações:

.Vários medicamentos podem induzir a uma condição lupóide e títulos de ANA elevados que, usualmente decrescem após a retirada do medicamento. Drogas que geralmente estão associadas com ANA positivo incluem: Hidralazina, Carbamazepina, Hidantoína, Procainamida, lsoniazida, Metildopa, AAS, entre outras;

.Este teste não é específico para LES, pois ele detecta vários anticorpos nucleares.

.Quando se utiliza a célula Hep-2 como substrato, títulos menores ou iguais a 1:80 usualmente tem pouco significado clínico, mas podem ser vistos em pacientes com LES e AR;

.Uso de corticóide ou outra terapia imunossupressora pode levar a resultados de ANA negativos. Nestes casos o exame deve ser repetido 3 meses após a retirada do medicamento;

 

Condições de coleta: Jejum de 4 horas.

 

Método: Reação de Imunofluorescência Indireta

 

Prazo: 8 dias

 

Código: 477